quinta-feira, 30 de junho de 2011

Tá de Sacanagem Parte 3: Tributação para Ricos.

Alguém pagou uma consultoria (feita pela inglesa UHY) para concuir aquilo que já sabíamos: os ricos são beneficiados pela política tributária brasileira.

Pelo levantamento, um assalariado no Brasil que recebe até R$ 3,3 mil por mês fica com, após o pagamento de impostos, 84% do seu salário. Ao passo que aqueles os que recebem R$ 26,6 mil por mês recebem, no final, 74% de seu pagamento.

Como se não bastasse, ainda fizeram um ranking e apontou essa diferença como a sexta menor, entre os 20 países avaliados. Quanto mais baixa a diferença, maior a desigualdade.

O Brasil só é melhor que Dubai e Rússia (1º), Estônia (2º), Egito (3º), Índia (4º) e México (5º).

Pegando a Holanda como exemplo, um profissional na faixa mais baixa fica com 84,3% dos ganhos após pagamento de tributos, enquanto os que ganham R$ 26,6 mil por mês levam para casa 54,7% do salário. 



TÁ DE SACANAGEM !!

Fonte: Jornal Destak

sábado, 25 de junho de 2011

Tá de Sacanagem Parte 2: Saúde nos EUA.

O desemprego e a falta de um sistema de saúde adequado levaram o americano Richard James Verone de 59 anos que sofre de dores crônicas no peito e problemas no pé esquerdo, a roubar US$ 1 de um banco da Carolina do Norte com a intenção de ser preso e receber tratamento médico na cadeia.

Ao chegar ao banco, Richard entregou um bilhete à funcionária: "Isto é um assalto. Por favor, me dê apenas US$ 1". Depois de pegar a nota, sentou e esperou tranquilamente a chegada da polícia.

O assaltante nunca havia cometido um crime e teria trabalhado na Coca-Cola durante 17 anos, mas foi demitido há três. Desde então, manteve empregos temporários, mas não possui assistência médica. "Eu sou uma pessoa racional e o que fiz foi lógico. Eu decidi assim", afirmou.

Condenado por furto, cuja sentença é menor do que a de roubo, Richard já começou a receber tratamento médico.

CONGRESSISTAS AMERICANOS, OS SENHORES ESTÃO DE SACANAGEM ??



Fonte: Jornal Destak

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Tá de Sacanagem Parte 1: Licença de Cabral.

Todos ficaram sabendo do acidente envolvendo a namorada do filho do Governador Sérgio Cabral, mas não sei se todos ficaram sabendo que o mesmo tirou licença de 7 dias.

Lamento a morte da jovem, mas por qual motivo o Governador se dá essa licença???

Pela CLT em seu Art. 473, o empregado poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo do salário por até 2 (dois) dias consecutivos, em caso de falecimento do cônjuge, ascendente, descendente, irmão ou pessoa que, declarada em sua Carteira de Trabalho e Previdência Social, viva sob sua dependência econômica.

Pelas minhas pesquisas quando se trata de estatutário são até oito dias consecutivos, por falecimento de cônjuge, pais, avós, filhos, netos, sogros e irmãos. Não implementa direito por falecimento de primos, sobrinhos e tios. (Base legal: inciso III do art. 76 da LC 133/85).

Como bem levantado pelo leitor do jornal Destak daqui do Rio de Janeiro, Orlando Carneiro, será que o Governador irá receber dos cofres públicos, ou seja, dinheiro nosso, por estes dias não trabalhados?

TÁ DE SACANAGEM !!

domingo, 19 de junho de 2011

'Cidadão Kane' é restaurado para lançamento em Blu-ray: É o Melhor Filme na Melhor Imagem

Considerado por 90% da crítica como o melhor filme de todos os tempos, "Cidadão Kane" ganhará edição em alta definição em resolução 4K (saiba mais sobre a tecnlogia 4K neste link) e saíra pelo selo da Warner em 13 de Setembro deste ano.


Segundo a Warner, o processo de restauração foi realizada quadro a quadro e procurou recriar a aparência original do filme.

Escrito, dirigido e protagonizado por Orson Welles, o filme narra a vida de Charles Foster Kane, magnata da imprensa americana, claramente inspirado em Wiilian Randolph Hearst que impôs pesada censura à película que teve sua genialidade (re)descoberta posteriormente tornando-o um marco na cinematografia mundial.

Com uma narrativa inédita para época, na qual começa com o personagem principal morrendo e contando sua vida através de flashback, "Cidadão Kane" ainda hoje, é exemplo de edição, narrativa, fotografia e cenografia em qualquer faculdade de cinema.  

A versão do clássico em Blu-ray, terá os extras de sua edição especial em DVD lançada há 12 anos incluindo o premiado documentário "A Batalha por Cidadão Kane" e o drama "RKO 281", que conta a história de como Hearst tentou impedir a produção do filme, além de outros inéditos. 

A edição para colecionadores contará com um livro de 48 páginas com reproduções do programa original do filme e de correspondências escritas durante a produção.








quinta-feira, 9 de junho de 2011

A Invasão Vermelha. Pelos Bombeiros contra o Führer Sergio Cabral

Que nosso ilustríssimo desgovernador não é muito favorável aos movimentos sociais e que os reprime com força e sem piedade, todos nos já sabíamos. Mas daí a meter bronca pra cima de bombeiros é ultrapassar o limite do absurdo, caindo na esfera do devaneio, muito comum ao Führer alemão do século passado.

Além de ser uma afronta ao direito de luta por dignidade, me parece ser um erro político sem tamanho. Atacar a instituição mais respeitada em qualquer país do mundo pode lhe causar prejuízo incalculável. Sua acessoria deu sinais de uma ingenuidade ímpar, principalmente após ao seu pronunciamento. Ficou claro que não foram esgotadas as possibilidades de negociação. Se o tão citado avanço salarial é realmente verídico, porque ele mesmo não foi ao quartel e disse isso? E o que dizer do fato de o comandante dos bombeiros não estar presente em nenhum momento, pois encontrava-se fora do país? Acabou traído por Cabral, a quem tinha defendido, posicionando-se contrário às reivindicações e anseios da tropa: foi exonerado por telefone.

A defesa de Cabral para sua ação de invasão ao quartel dos bombeiros foi baseada no caquético código militar que classifica greve ou qualquer movimento reivindicatório como motim, insubordinação e quebra da hierarquia. Cabe ressaltar que o Brasil é um dos poucos países do mundo no qual os bombeiros não possuem direito a greve devido a estarem ligados ao comando militar.

Ele também argumentou que o salário dos bombeiros do Rio de Janeiro não seria o menor do país. Mentira! O salário bruto de um bombeiro do Rio (lista completa) é de R$ 1.031,38, ficando atrás do valor pago aos profissionais do Pará com R$ 1.215,00 e do Rio Grande do Sul com R$ 1.172.00; e a anos-luz das remunerações do Distrito Federal, com R$ 4.129.73 e Sergipe com R$ 3.012.00 - que o classifica sim, como o pior do país!

E ainda, com o intuito de jogar a sociedade contra a luta dos bombeiros, ele expôs o prejuízo material causado pelos manifestantes na tomada do quartel central. Prejuízo muito maior e contra o qual pouco se faz e pouco se prende são os desvios de verbas da saúde, da educação, e outras. Nos últimos anos, creio que caiba nos dedos de apenas uma mão, o número de presos por tais crimes. Em paralelo a isso, também penso que esvaziar pneus de viaturas e impedí-las de sair do quartel não foi uma atitude correta; contudo, não justifica o revide desproporcional no qual até fuzil foi usado, contrariando o comandante da PM que, poucas horas depois da invasão, afirmou que os tiros foram apenas de pistolas. Sua fala mudou à tarde, após imagens da invasão terem ido ao ar na Globo News mostrando o uso de armas letais, mesmo sabendo da presença de crianças e mulheres civis no quartel.

Na análise do Führer e sua equipe existe cunho político-partidário nessa manifestação chegando a vincular governos anteriores como lideranças. No entanto, até mesmo comentaristas da Globo classificaram o movimento como espontâneo e de base, em resposta à falta de comprometimento do comandante anterior às reivindicações da tropa. É óbvio que, posteriormente, políticos em nada comprometidos com a causa usufruíram da projeção midiática; mas a gênese do movimento foi a vontade e a coragem de enfrentar a hierarquia por condições dignas de trabalho.

É importante ressaltar que ninguém está se manifestando para ter carro de 60 mil; estão apenas querendo ganhar por ano menos que um deputado ganha em dois meses, o que os colocaria como décimo melhor salário do país!

Como a invasão por si só não conseguiu alimentar o ego do desgovernador, a PM promoveu a prisão de mais de quatro centenas de bombeiros, possivelmente um número bem maior do que o total de presos por corrupção em muitos anos. Considerando o código militar e possível denúncia pelo Ministério Público, os bombeiros podem pegar até 12 anos de prisão. No entanto, existe um movimento organizando na defesa dos presos lutando pela soltura deles apesar de o desgovernador ter dito que não negociaria com "vândalos", como classificou os grevistas. Em casos semelhantes o poder público acabou voltando atrás e acabou por 'absolver' os manifestantes.

Sendo assim, os esforços concentram-se na libertação dos bombeiros e na negativa de qualquer acerto salarial sem que esta reivindicação seja atendida. Uma aliança, aparentemente suprapartidária está em construção na ALERJ, atual foco de resistência, a fim de paralisar a pauta de discussões até que o governo se proponha a conversar sobre a situação. O mais provável é que o recém chegado comandante assuma a rebordosa de ficar cara a cara com os invencíveis leões.

Não creio que, apesar de uma boa oportunidade, haja um movimento de enfrentamento por parte da população, como por exemplo, uma greve geral (mais comum na Europa, especialmente na França), pois a pressão da máquina capitalista impõe alguns limites às mais diversas categorias. Mas, desta vez, algo que sempre nos falta (falando como brasileiro), que é a conscientização e a falta de posicionamento, foi, momentaneamente, remediado; poucas horas depois dos fatos relatados, o facebook estava inundado de posts em defesa dos bombeiros. Quando da passagem dos ônibus com os bombeiros, a população ovacionava-os. Na segunda feira seguinte, em vários carros e ônibus tremulavam fitas vermelhas, e não havia ninguém com quem se conversasse que não tinha opinião sobre o assunto. Isso mostra o quão limítrofe está o desgoverno do Führer e seu potencial de gerar desagravo junto à população. É somente através dessa manifestação de repudio é que poderemos conquistar, não o respeito, mas o temor por parte das elites, pois a conscientização e a mobilização dão mais calafrios nas castas governantes do que qualquer outra coisa.

Führer Cabral, todos somos bombeiros, e um passo atrás jamais daremos. 




quarta-feira, 8 de junho de 2011

Rara formação de nuvens Mammatus no Rio de Janeiro

Como ainda não terminei meu texto sobre a manifestação dos bombeiros, me dei ao luxo de postar um momento de sorte meu, onde consegui captar ao que me parece uma rara formação de nuvens chamada MAMMATUS. 


Infelizmente a qualidade ruim da câmera do meu xing ling não faz jus ao fenômeno que é bem bacana e intrigante, o que deixa minha foto a anos luz das que podem ser encontradas na internet. Mas valeu a pena pela especificidade do acontecimento. 


Logo após às fotos tem um texto que explica o que são as MAMMATUS além de outras fotos desse raro fenômeno. 




Consegui fotos melhores e de outro ângulo com uma amiga chamada Rebeca Brício. 




Mais imagens do fenômeno podem ser vistas na galeria do globo "eu repórter".


A formação das nuvens Mammatus é rara e na maioria das vezes está associada à formação de nuvens do tipo cumulonimbus, mas também podem ocorrer na alta atmosfera associadas a stratocumulus, altocumulus, altostratus, cirrus e cirrocumulus. Também podem ocorrer em "trilhas de condensação" (nuvens artificiais provocadas por aviões) e em nuvens de poeira vulcânicas. Nuvens do tipo Mammatus, quando associadas a um cumulonimbus são indicadoras de tempo severo, mas em muitos casos indica que a tempestade está perdendo força.

Mammatus (também referenciado por mamma ou mammatocumulus) é um termo da meteorologia aplicado ao padrão de "bolsas" que se formam na base de uma nuvem. O termo "mammatus" deriva do mamma, devido à associação ao formato demamas ou seios.

Outra teoria bastante difundida é a de que as nuvens mammatus são compostas de gelo ou água de hidrometeoros, a constituição das nuvens mammatus apresentam-se lisas, controlada por escalas temporais e espaciais e aparentemente a organização das mammatus é individual.











Fonte: Wikipédia / http://meioambiente.culturamix.com / Fotos capturadas da internet

sábado, 4 de junho de 2011

Agência Reguladora de Transporte será investigada pelo Ministério Público

O Ministério Público estadual irá investigar a Agetransp (Agência Reguladora de Serviços Públicos de Transportes) por sua suposta complacência com as concessionárias Metrô Rio, Supervia e Barcas SA. A pouca produtividade na fiscalização resultando em apenas 21 multas e sete infrações aplicadas desde 1998, quando ainda era Asep (Agência de Serviços Públicos Concedidos) chamou atenção do MP.

As conclusões iniciais apontaram que somente 8% dos R$ 6,8 milhões em multas foram quitados pelas concessionárias. Parte destas multas foram convertidas em "obrigações de fazer", ou seja, foram substituídas por compromissos de melhorar os serviços. Contudo não é o que foi observado. Pegando como exemplo as Barcas S.A.,as pseudo melhorias contabilizaram R$ 473,27 mil, pouco mais de 13% dos R$ 3,61 milhões de multas aplicadas.

Em sua defesa Agetransp, através de sua acessoria de imprensa afirmou  que sua atuação regulatória e suas decisões são pautadas em processos legais, contratos e termos aditivos e que esse trabalho é feito com plena autonomia e independência, sem qualquer tipo de interferência, seja por parte das concessionárias ou do próprio poder concedente. 


O jornal carioca, Destak (31/05/2011) ressalta que as indicações políticas marcam a agência. Alguns cargos atuais foram indicações do governador Sergio Cabral, o mesmo que concedeu isenção de ICMS para as Barcas S.A. e a isentou de colocar as barcas da madrugada sem qualquer contrapartida.